Saltar para o conteúdo principal Mapa do Website

A Música e o Mundo – Encontros Sonoros Atlânticos

Música

Castelo de São Jorge

Obter Direcções

Este evento já decorreu
21 Ago - 2021
Sábado

19h30

Castelo de São Jorge

Obter Direcções

Este evento já decorreu
21 Ago - 2021
Sábado

19h30

Acessibilidade a pessoas com mobilidade reduzida.

Direção de projeto: Filipa Lacerda, Alexandre Almeida, António Câmara Manuel

Programador: Vasco Mendonça

Produção Executiva: Francisco de Lacerda – A Música e o Mundo Associação Cultural

Comunicação e Assessoria de Imprensa: Helena Marteleira

Imagem e Site: Inês von Hafe Pérez

Apoios: República Portuguesa – Cultura, Governo dos Açores, Direcção-Geral das Artes, Orçamento Participativo de Portugal

Iniciativa: EGEAC/Programação em Espaço Publico e Castelo de São Jorge

Duração: 75’

Bilhetes disponíveis na bilheteira do Castelo de São Jorge no próprio dia, até 2 bilhetes por pessoa e até 15 minutos  antes do inicio do concerto

A classificar pela CCE

 

 

Obras de Philip Glass, Ângela Da Ponte e Vasco Mendonça por Drumming GP + Stephen Diaz

O primeiro momento do ciclo de encontros A Música e o Mundo olha para o Atlântico de um ponto de vista único: o Castelo de São Jorge. Neste concerto, ao entardecer, banhado pelo imaginário americano, será interpretado Águas da Amazônia (1993-99), uma delicada homenagem de Philip Glass aos rios do Pulmão do Mundo, uma obra encomendada pela companhia de dança Grupo Corpo, de Belo Horizonte.

Em estreia mundial, apresenta-se American Settings, um ciclo de canções para contratenor e quarteto de percussão de Vasco Mendonça inspirado na poesia de Tracy K. Smith e Terrance Hayes. Segundo o compositor, “hoje, mais do que nunca, a América é uma espécie de ficção vertiginosa; uma encenação de excesso, propósito e transcendência em que projetamos os nossos receios e esperanças: tornou-se numa amálgama dos nossos possíveis futuros. Estas canções são uma espécie de contemplação incrédula de alguns deles.”

Também em estreia mundial e a fechar este concerto, Trovas in Continuum de Ângela da Ponte, uma peça para voz e percussão inspirada na obra vocal de Francisco de Lacerda. Nas palavras da compositora, esta obra “utiliza quatro canções do ciclo de canções Trovas de Francisco Lacerda, cujo trabalho assenta num comentário/glosa das mesmas. Este formato de escrita, explorado por tantos outros compositores, como Boulez, Berio ou Álvaro Salazar, coloca-nos em contacto direto com a linguagem de Lacerda ao mesmo tempo que nos permite reinterpretar essa mesma linguagem em múltiplas perspetivas.”

Este é o primeiro de cinco concertos integrados no ciclo A Música e o Mundo – Encontros Sonoros Atlânticos.

 

American Settings é uma encomenda do DRUMMING GP | Trovas in Continuum é uma encomenda da Associação Cultural Francisco de Lacerda - A Música e o Mundo

 

Outros Eventos

Festival OUTJAZZ 2021 Vários locais Vários horários
Instalação O Barco / The Boat de Grada Kilomba MAAT - Museu de Arte Arquitetura e Tecnologia (Espaço exterior)
Visitas Guiadas 10ª edição – Open House Lisboa – Os Caminhos da Água Vários locais Vários horários