Saltar para o conteúdo principal Mapa do Website

Vários locais

27 Ago — 01 Set - 2019
Terça a Domingo

Crédito: Alípio Padilha

Vários locais

27 Ago — 01 Set - 2019
Terça a Domingo

MAIS INFORMAÇÕES EM FUSOVIDEOARTE.COM

Sustentabilidade é o mote norteador do FUSO 2019, o único festival de vídeo arte que decorre ao ar livre em Lisboa, em espaços singulares como jardins e claustros de museus. Com entrada livre, durante seis noites o festival exibe sessões programadas por curadores portugueses e internacionais, associados à temática ambiental. O campo da arte tem-se questionado sobre o seu papel e sobre os desafios ambientais e os vídeos programados pelos diferentes curadores são reflexo desta problemática. O artista espanhol Antoni Muntadas, um dos pioneiros da arte multimédia e da arte conceptual em Espanha, vem a Lisboa apresentar duas sessões, pensadas e programadas por si. Mas é com o trabalho do artista português Pedro Barateiro, “A Viagem Invertida (Espelho)”, que o FUSO abre a sua 11.ª edição. Esta obra parte de uma investigação sobre a extracção de lítio em Portugal e sobre o seu uso. O Festival apresenta ainda uma sessão com os vídeos dos artistas candidatos aos prémios FUSO | EDP / MAAT Aquisição e FUSO | RESTART Incentivo; e uma sessão dedicada aos trabalhos dos alunos da Ar.Co – Escola de Arte e Comunicação Visual, que serão também exibidos nos 18 ecrãs do Canal Lisboa, espalhados pela cidade durante toda a semana do festival.

27 agosto a 1 setembro
Travessa da Ermida
Inauguração 27 agosto, 19h
28 agosto a 1 setembro das 14h às 18h

28 agosto
Claustro do Museu Nacional de História Natural e da Ciência
22h

29 agosto
Jardim do Museu de Arte, Arquitectura e Tecnologia (MAAT)
21h30

30 agosto
Jardim do Museu Nacional de Arte Contemporânea do Chiado
22h

31 agosto
Jardim do Museu Nacional de Arte Antiga
22h

1 setembro
Claustro do Museu da Marioneta
22h

PROGRAMAÇÃO PARALELA
Durante a semana do festival serão exibidas obras em vídeo criadas pelos alunos do curso de Cinema/Imagem em Movimento do Ar.Co, a um ritmo de um por dia,  nos 18 ecrãs do Canal Lisboa.