Saltar para o conteúdo principal Mapa do Website

Os Cafés e outras Constelações de Encontro da Avenida de Roma

Conversas

Bairro de Alvalade

Obter Direcções

22 — 23 Set - 2018

várias sessões

Bairro de Alvalade

Obter Direcções

22 — 23 Set - 2018

várias sessões

Acessibilidade a pessoas com mobilidade reduzida.

Mais informações e inscrição: itinerarioscafes@jf-alvalade.pt

Metro: Roma e Alvalade (linha verde)
Autocarro: 717, 727, 735, 744, 749, 755, 767
Comboio: Roma/Areeiro (linha de Sintra, Azambuja, Setúbal)

Organização: Aquilino Machado
Parceiros: Junta de Freguesia de Alvalade e LEME/Universidade Lusófona

Partimos à descoberta das histórias e das memórias do Bairro de Alvalade, uma zona que até finais do século XIX era essencialmente formada por campos, quintas e hortas, usadas para os momentos de veraneio da nobreza e, posteriormente, como espaço de recreio e desporto da população. Foi na segunda metade dos anos 40 do século passado que conheceu o seu período de maior desenvolvimento, passando a ser um símbolo da Lisboa Moderna, onde cabiam diversos conceitos urbanísticos.

Hoje, Alvalade é um território de memórias. Umas mais antigas, outras mais recentes. O roteiro que lhe propomos faz-se por essas memórias, com visitas guiadas e tertúlias. São três percursos: dois terminam no café Vá-Vá, onde se propõe um regresso ao passado, com um projeto de realidade aumentada, o outro termina no Jardim dos Coruchéus – futuro Jardim João Ribas.

 

Verdes Anos
1 setembro, 11h
2 setembro, 11h e 17h30
Duração: 2 horas
Número máximo de participantes: 20
Ponto de Encontro: Edifício do Mercado de Levante (Bairro das Estacas)

O primeiro itinerário leva-nos aos tempos de Os Verdes Anos, quando este território adquire o estatuto de Bairro Moderno. Vamos descobrir os cafés e as tertúlias que desaguavam na Avenida de Roma, partindo de onde tudo começou.

No dia 1 de setembro, às 18h30, na Esplanada do Café Vá-Vá, Isabel Ruth (a Ilda de Os Verdes Anos), Alfredo Barroso, Ana Louro, Isabel Maria Mendes Ferreira e Lauro António participam na tertúlia Os cafés de Os Verdes Anos.

O 25 de abril
8 setembro, 11h
9 setembro, 11h e 17h30
Duração: 2 horas
Número máximo de participantes: 20
Ponto de Encontro: Avenida Estados Unidos da América, n.º80 (primeiro logradouro da Av. EUA)

Com o 25 de abril o Bairro de Alvalade transformou-se num palco de festa ininterrupta e os cafés e os outros pontos de encontro experimentaram uma maior intensidade cenográfica, onde a celebração assumiu uma ordem simbólica de Liberdade.

Os cafés e outros lugares de encontro nos dias da Liberdade do 25 de abril de 1974 são o mote para a tertúlia que acontece dia 8 de setembro, às 18h30, no café Vá-Vá, com Eduardo Boavida, Elísio Summavielle, Rui Simões e Miguel Vale de Almeida.

A geração do Rock
22 e 23 setembro, 17h
Duração: 1h30
Número máximo de participantes: 20
Ponto de Encontro: Avenida de Roma, n.º74 - antiga pastelaria Sul-América (atual Burger King)

Este itinerário faz-se em torno dos lugares de encontro dos anos oitenta e no despontar do movimento rock. Daremos especial atenção à intensa presença de bandas de garagem que pontuavam na vizinha avenida EUA e a forma como os cafés eram utilizados como locais de encontro nas várias tournées. O percurso termina no Jardim dos Coruchéus, com uma surpresa.

Dia 22 de setembro, às 22h30, o Popular de Alvalade recebe a última tertúlia, dedicada à geração do rock, com Samuel Palitos, Manuel Wiborg, Pedro Oliveira e Pedro Lopes.

Nota: A performance prevista para as 22h foi cancelada. 

Outros Eventos

Música Aniversário do Palácio Baldaya Palácio Baldaya
Exposições Você não Está Aqui Parque das Nações
Feiras Feira da Luz Largo da Luz
Crianças Antiprincesas | Clarice Lispector (reposição) Quinta das Conchas, zona das Oliveiras 11h e 16h
Exposições Vicente’18 vários locais
Verão no Parque Parque das Nações
Música Out Jazz Jardim Mário Soares, Campo Grande 17h
Música Venham mais 20! Altice Arena 19h